Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2017

Divagação no tédio

Imagem
Divago no tédio e não estou só.
Recordo ocasiões que desfilam pela minha lembrança, tão vivas quanto a presença de sua ausência.
No meu coração uma angústia impiedosa que não me deixa respirar. 
Nos meus ouvidos a constante sonoridade da sua voz tocando no meu íntimo em consonância com os murmúrios da saudade.
Na minha alma os monólogos que recorri para provocar a fuga da solidão. 
No fundo da memória procurei-te e só pude conversar comigo num diálogo pleno de harmonia que me dizia ...bem... que me dizia para esquecer-te.

Como te esquecer?
Sinto-lhe o cheiro. Sinto-lhe a alma. O teu corpo a cercar-me. A tua mão no meu ombro e os teus lábios na minha boca. 
É preciso calar a tua voz na minha mente e conseguir uma reação para desorientar certezas. 
É preciso reencontrar toda a força , renascer para uma nova luta, para uma nova vida. 
Talvez um novo  amor à mistura. 

Amanhã passa, assim espero. 
É tão bom olhar para trás e sorrir.
[Repaginada,  qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coi…

Limitação

Imagem
Acordo e após o café da manhã, café com leite, pão e manteiga, faço uma caminhada de cerca de uma hora. Depois do almoço, termino de ler o terceiro livro do mês. Na hora do jantar, eu coço a cabeça: - Sei não, Amanda, com uma filha bonita como a Bianca. Sou homem . Filha mulher e bonita... - Lá vem machismo - responde Amanda e eu calo o que estava prestes a dizer, olho o rosto dela e termino com um 'te amo'. Antes de ir dormir, no banheiro, olho no espelho, vejo o meu rosto, cabelo liso e preto, olhos pequenos e puxados, pele boa. Não existe nenhuma parte faltando. Nada faltando.
Ninguém faltando. Não preciso de ninguém para nada!
Como não acreditar na própria derrocada sem desconfiar da própria afirmação? Como, então, não preciso de ninguém para nada ?  Se em todo lugar que ando, ouço passos, o toque das  mãos; calma, paciência, força, sabedoria e direção. Passos que me seguem, mãos que me tocam e nunca me deixam só no movimento do universo, onde sou apenas uma partícula infinitesimal. 
A…

A fotografia

Imagem
Mudar sempre nos deixa com a sensação de começar uma rotina diferente e de viver novas experiências.  Além da lembrança revivida cada vez que se vai desempacotar os nossos pertences... 
...e esquecida na caixa, a fotografia .  Deixando a caixa aberta no chão, na frente dos pés, girei o corpo, para ficar de frente para o fluxo da luz e olhei a fotografia com ainda maior atenção. 
Era você na fotografia.  Fui eu quem a tirou. E aquele tinha sido um dia especial.  Partilhei os meus sonhos e estava disposto a cuidar de ti uma vida toda.
 No entanto, muitas mudanças acontecem sem dar-mos por elas. E outras, porque estamos dispostos a concretizá-las. Desta maneira, não temos mais sonhos, juntos!
 O amor desfeito certamente mudou meu caminho. Fiquei triste, mas já não me entristece mais. Talvez não tenha me feito bem .  Hoje já não me causa nada .
E se te pudesse pedir alguma coisa, esqueça de meus sonhos.  São meus. Em troca prometo guardar bem os teus .
° Repaginada, Qualquer semelhança com fatos ou pessoas …

Grudadinho em você

Imagem
Sabe aquele amor?
Amor que me faz sentir que sou o bastante, 
para te encontrar em cada amanhecer, 

Sabe aquele amor? 
Amor que nos torna sensíveis e inocentes como crianças, na hora do boa noite, 

Quero viver esse amor, 
Amor cada vez mais, 
Amor, esse amor 

Sempre grudadinho em você!
°
Novo Perfil no Facebook ⇒ Nagata Felisberto Junior
° Obrigado,

Há de renascer das cinzas

Imagem
A madrugada cinza envolve a minha alma,
Meu coração fica apertado, chorando a tua ausência, 
Gritando a distância dos teus beijos, 
Deixando escorrer uma lágrima de tanta saudade.

Tomado sou pela brisa fresca da manhã, 
Teu perfume a me chamar, 
Sussurros em meus ouvidos,
Que o amor há de renascer das cinzas.

Além da linha imaginária eu avanço,
Busco inspiração na saudade,
Embalada no berço da névoa,
Para pintar o cinza com as cores do amor.

Nas cores do amor desejo te amar,
Já não consigo te soltar,
Sinto-me acalentar,
Pelo carinho que tu me dás.

Além da linha imaginária eu retorno,
Contenho-me com o silêncio,
Resumo a concordância com o tempo ,
Decisão é saber esperar.

O amor há de renascer das cinzas!
°
[Repaginada,  qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]
° Novo Perfil no Facebook ⇒ Nagata Felisberto Junior ° Obrigado,